Fisiologia Hormonal

Como a fisiologia hormonal atua na prevenção de doenças crônicas?

A fisiologia hormonal tem ganhado cada dia mais importância na Medicina, pois é um dos segmentos da Medicina que estuda e atua no desequilíbrio dos hormônios. Os hormônios são essenciais para o funcionamento do corpo humano e influenciam, praticamente, todo o organismo. O sistema endócrino é constituído por diversas glândulas, localizadas em diferentes partes do corpo. Elas são responsáveis pela produção dos hormônios que são lançados no sangue e percorrem o corpo, até chegarem aos órgãos sobre os quais atuam. São essas substâncias as responsáveis pelo crescimento, sexualidade, metabolismo e pelo bom funcionamento das células e dos órgãos. Entenda melhor sobre a atuação da fisiologia hormonal para a saúde do ser humano.

O que é doença crônica?

Doenças crônicas são aquelas que possuem longa duração e de progressão geralmente lenta. Divididas em transmissíveis e não transmissíveis, tais doenças podem ser congênitas ou adquiridas.  Dentre as principais doenças crônicas não transmissíveis estão as pulmonares, cardiovasculares, diabetes, câncer, doenças renais e neuropsíquicas. As doenças crônicas não transmissíveis são responsáveis por 63% de óbitos no mundo. Já no Brasil, elas são a causa de 74% das mortes, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Os números podem ser assustadores, mas grande parte das doenças crônicas pode ser prevenidas ou controladas. Para isso, é necessário não só conhecer a doença, como também tratá-la da maneira correta, completa e contínua. 

A importância da prevenção

Por ser a causa de muitas mortes, é essencial que se previna o surgimento de doenças crônicas. Muitas delas podem ser evitadas com mudanças de hábitos e controle dos fatores de risco. Por isso, é importante:
  • Ter uma alimentação saudável e rica em nutrientes, evitando o consumo de industrializados, açúcar e sódio;
  • Evitar o consumo de álcool;
  • Não fumar;
  • Praticar atividade física.

Como a fisiologia hormonal atua na prevenção de doenças crônicas?

A fisiologia hormonal surge com o intuito de prevenir o aparecimento de tais doenças, já que nela é analisado todo o perfil orgânico do indivíduo. Na fisiologia hormonal são utilizados recursos que visam prevenir o surgimento de doenças. Para isso, é realizada a correção hormonal. A modulação é feita com hormônios bioidênticos, aminoácidos, vitaminas e antioxidantes, indicados para que o corpo atinja o padrão hormonal equilibrado e saudável. O objetivo desse tipo de tratamento é resgatar o equilíbrio funcional do organismo, para que ele contribua com a saúde e, dessa maneira, prevenindo vários tipos de doenças.   A modulação hormonal proporciona benefícios diretos e indiretos para a saúde. Entre eles estão o  fortalecimento cardiovascular e do sistema imunológico, melhora do sono e redução da oxidação das células. Além disso, a modulação proporciona diminuição do estresse, envelhecimento e emagrecimento saudável, ganho de massa muscular e aumento da líbido. Entretanto, é preciso lembrar que a modulação é apenas uma ferramenta para equilibrar os níveis hormonais. Antes de recorrer à reposição, são adotados outros artifícios que atuam também na regulação dos hormônios, como a adoção de um planejamento nutricional e de atividade física e suplementação nutricional. Portanto, o objetivo da fisiologia hormonal é promover, por meio de equilíbrio dos hormônios, mais saúde, contribuindo, assim na prevenção de doenças crônicas. Ela é indicada para pessoas que estão com os hormônios descontrolados e, como consequência, a qualidade de vida prejudicada por sintomas físicos, como cansaço, estresse extremo, insônia e outros problemas ocasionados pelo desequilíbrio hormonal.  Quer saber mais? Clique no banner e saiba mais sobre Medicina Integrativa.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp